Deputado repudia “onda de ódio”

O deputado federal Luiz Couto (PT-PB) manifestou seu profundo pesar pela morte de Marisa Letícia Lula da Silva, de 66, em razão de complicações causadas por um AVC (Acidente Vascular Cerebral) hemorrágico. O parlamentar disse que a esposa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi uma guerreira, lutadora e militante do PT.

“Quero manifestar minha solidariedade e meus sentimentos pelo falecimento da companheira Marisa. Ao mesmo tempo, registro que não podemos aceitar a falta de humanidade e de respeito que tem sido demonstrada nas redes sociais, onde pessoas manifestaram alegria pelo falecimento dela. As pressões e ameaças, inquéritos mal feitos que colocavam D. Marisa e Lula como responsáveis por ilícitos foram atitudes erradas. Precisamos rever esse ódio de classe e essa intolerância. Podemos ter divergências, mas não podemos perder o sentimento de humanidade”, disse o parlamentar.

Couto, que também é padre, disse que rezará por D. Marisa para que Deus a acolha em sua glória.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *