Saúde

Secretário destaca ações realizadas durante a pandemia

O ano de 2020 ficou marcado pela luta contra um vírus desconhecido que afetou o mundo. O cenário criado na Paraíba com a pandemia do coronavírus foi um dos destaques do programa Fala Governador, quando o secretário de Saúde do estado, Geraldo Medeiros, fez um balanço geral das ações de combate à Covid-19, ressaltando a elaboração do Plano de Contingência e o esforço para garantir atendimento à toda população.  

Na ocasião, Geraldo Medeiros iniciou sua fala agradecendo aos paraibanos que seguiram as orientações, recomendações e protocolos sugeridos pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) e Governo da Paraíba para controlar a disseminação do vírus. Segundo ele, essas ações salvaram vidas e impediram o adoecimento de um número maior de pessoas. 

O secretário também pontuou o conhecimento adquirido ao longo dos meses no tratamento da doença e no manejo dos pacientes. Para este estudo, a SES criou o Centro Estadual de Disseminação de Evidências em Saúde do Covid-19, responsável pela elaboração de protocolos assistenciais e de tratamento do agravo alinhados com as pesquisas mais importantes do mundo. 

“Nada se sabia sobre o novo coronavírus e a Covid-19 há um ano, quando a doença apareceu na China, na cidade de Wuhan. Ao longo desses 282 dias de pandemia, fomos aprendendo a lidar com ela e hoje temos um melhor manuseio terapêutico, uma melhor condução no tratamento, e isso leva a Paraíba a ter a menor taxa de letalidade do Nordeste”, explicou. 

Outro ponto de destaque foi o suporte financeiro do Governo do Estado no combate à pandemia. Geraldo Medeiros pontuou que, até o mês de dezembro, foram investidos mais de R$ 290 milhões na saúde pública na Paraíba. Entre os investimentos está a ampliação de leitos da Rede Estadual. Atualmente, o estado conta com 791 leitos exclusivos para tratamento da Covid-19, contemplados em hospitais referências localizados em municípios situados nas três Macrorregiões de Saúde: João Pessoa, Campina Grande, Piancó, Pombal, Patos e Cajazeiras. No mês de dezembro, foram abertos mais 180 leitos sendo 99 leitos de enfermaria, 12 leitos de Unidade de decisão e 70 novos leitos de UTI.

Segundo o secretário, a Paraíba tem, atualmente, 2,4 leitos de UTI para cada 10 mil habitantes, atendendo assim a recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS) com média de 01 a 03 leitos. Ele também destaca a edificação do Hospital Solidário, erguido em apenas 17 dias, além da construção do Hospital de Clínicas de Campina Grande e da extensão da Maternidade Frei Damião com a criação da Unidade II. “Temos uma proporção de leitos de UTI maior que a Europa. Todas essas ações de abertura de leitos, edificação de hospital de campanha e construção de novas unidades hospitalares foram baseadas no Plano de Contingência elaborado em março deste ano. E isso permitiu que a Rede não entrasse em colapso, com pacientes em ambulâncias, rodando a cidade, a espera de um leito de UTI, como aconteceu em outros estados”, destaca. 

Geraldo Medeiros finalizou sua participação falando sobre a vacinação contra a Covid-19. Ele reforçou que a Paraíba está se preparando para receber as vacinas e que a SES já possui um plano para vacinar a população. O secretário reforçou que o Governo Federal acenou a entrega das vacinas para 21 de janeiro de 2021 e que a campanha deve começar na Paraíba na primeira quinzena de fevereiro. “Vamos começar com os profissionais de saúde que estão atuando na linha de frente. Os três primeiros meses serão reservados para os grupos de risco”, completou. 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo