segunda-feira, novembro 30, 2020
Home Manchetes Capes investe em estudos e pesquisas para enfrentamento da Covid-19

Capes investe em estudos e pesquisas para enfrentamento da Covid-19

O Brasil vem trabalhando no enfrentamento ao coronavírus em diversas áreas de atuação. Além da saúde, estão sendo feitos investimentos em ciência, tecnologia e inovação e também em pesquisa tecnológica e acadêmica.

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) conta com o Programa de Combate a Epidemias. “É um conjunto de ações de apoio a projetos de pesquisa e formação de recursos humanos para enfrentarmos a Covid-19 e, ao mesmo tempo, estudarmos temas correlatos a endemias e epidemias”, ressalta o presidente da Capes, Benedito Aguiar.

O programa tem duas dimensões: Ações Estratégicas Emergenciais Imediatas e Ações Estratégicas Emergenciais Induzidas em Áreas Específicas. O presidente da Capes explicou que o programa, lançado em abril de 2020, contará com um investimento de R$ 200 milhões ao longo de quatro anos.

“Serão distribuídas 2.600 bolsas de estudo em diversas áreas do conhecimento. E esse programa está estruturado em duas dimensões: uma de ações estratégicas imediatas através da qual nós destinamos bolsas diretamente aos programas de pós-graduação, aqueles programas que já atuavam direta ou indiretamente, em áreas correlatas à Covid-19. E depois lançamos três editais voltados para assuntos específicos ao contexto atual”, explica Aguiar.

Publicações

A iniciativa da Capes deixa o Brasil entre os países com mais publicações sobre o tema. São 4.029 estudos, ocupando o 11º lugar na lista mundial. De acordo com a Capes, os líderes de publicações sobre o assunto são Estados Unidos, com 34.129, China (15.990) e Reino Unido (14.724). Entre as instituições brasileiras, a primeira colocada é a Universidade de São Paulo (USP), com 729, seguida pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), que contabiliza 261, e a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), 237.

Editais

A elaboração dos três editais envolveu cerca de 1.300 pesquisadores de todo o país em 42 instituições diferentes de ensino superior e instituto de pesquisa. “Tivemos uma mobilização muito grande da comunidade científica para atender as demandas colocadas sobretudo nesses três editais”, afirma Benedito Aguiar.

“A nossa avaliação até o momento é que estamos avançando muito no desenvolvimento científico e tecnológico de prevenção e de combate à Covid-19, com a participação muito grande dos nossos pesquisadores espalhados por todo o país”, completa.

Edital 1 – sobre epidemias

O objetivo é apoiar projetos de pesquisa e formação de recursos humanos altamente qualificados, em programas de pós-gradução, voltados ao enfrentamento da Covid-19 e em temas relacionados a endemias e epidemias típicas no país.

“O primeiro edital foi voltado para estudos gerais, mapas epidemiológicos, os vetores principais relacionados com a epidemia envolvendo áreas do conhecimento não só da saúde, mas também da bioengenharia, da bioinformática. Um edital multidisciplinar”, sinaliza Aguiar.

Acesse o edital.

Edital 2 – fármacos e imunologia

Apoia projetos de pesquisa científica e tecnológica e formação de recursos humanos altamente qualificados, voltados exclusivamente ao combate à Covid-19, com foco no estudo de fármacos, vacinas, produtos imunológicos e temas correlatos.

Acesse o edital.

Edital 3 – Telemedicina e análise de dados médicos

Com o objetivo de promover o desenvolvimento científico e tecnológico e inovações, o terceiro edital é voltado para procedimentos e inovações tecnológicas em telemedicina e análise de dados médicos que auxiliem o enfrentamento à Covid-19 e temas correlatos.

Acesse o edital.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisment -

Most Popular

Novo serviço facilita a contestação do cancelamento do Auxílio Emergencial

Novo módulo tecnológico para contestação do cancelamento do Auxílio Emergencial e da extensão do benefício foi disponibilizado no portal de Consultas da...

R$ 5 milhões para apoiar a inserção de pesquisadores em empresas incubadas

OMinistério da Ciência, Tecnologia e Inovações lançou, nesta terça-feira (24), chamada pública de R$ 5 milhões para apoiar a inserção de pesquisadores...

Campanha nacional de combate ao mosquito Aedes aegypti

Um chamado para que a população participe do combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya, foi feito nesta terça-feira...

Classificação de risco de atividades sujeitas à vigilância sanitária é publicada

Simplificar as normas e o processo de registro e legalização de empresas no Brasil. Mais um passo foi dado nesse sentido, com...

Recent Comments

John Doe on TieLabs White T-shirt