Nordeste

Projeto Minha Árvore do Saber já plantou 465 mudas

A coordenadora do ‘Projeto Minha Árvore do Saber’, a engenheira agrônoma e educadora ambiental, Calina Lígia de Araújo visitou a escola Municipal Lourdes Ramalho, no Complexo Aluízio Campos, onde o projeto foi implantado no mês de abril. 

Na escola já foram plantadas 465 mudas. Durante a visita a cada área plantada foi analisada a questão do desenvolvimento das plantas, como também a questão fitosanidade. 

Atendendo ao convite da coordenadora do Meio Ambiente da Prefeitura de Campina Grande, Denise Sena, o deputado federal Pedro Cunha Lima visitou a escola municipal Lourdes Ramalho e conheceu o projeto e todos os espaços criados com a finalidade da escola se tornar referência em educação ambiental. 

De acordo com a engenheira Calina foram implantados espaço verde, espaço do pomar, cerca viva, Bioma Caatinga, horta criativa, compostagem, coleta seletiva e jardim dos presentes. “Este projeto é uma ramificação do “Programa Minha Árvore”. Neste trabalho, a interdisciplinaridade faz parte das abordagens didático-pedagógicas, desenvolvidas entre professores e alunos, seguindo a proposta desenvolvida pela equipe técnica da SESUMA”,destacou. 

A proposta do projeto é envolver os estudantes dentro de uma abordagem interativa, criativa e versátil, para que seja despertada a necessidade e valores relacionados ao respeito e cuidado com o meio ambiente. 


Equipamentos
 

Até o final da semana será entregue uma parte dos equipamentos adquiridos para as Escolas municipais Lourdes Ramalho e Rômulo Gouveia, do ‘Aluízio Campos’, para a implantação da horta criativa, com diversos tipos de canteiros para a produção de hortaliças e aulas práticas agroecológicas e de educação ambiental. 

Inicialmente serão entregues as caixas de água de 5.000 mil litros nas duas escolas.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo