Programa Genomas vai ajudar na prevenção e tratamento de doenças

O Programa Genomas Brasil foi lançado, nesta quarta-feira (14), pelo Presidente Jair Bolsonaro. O projeto vai incentivar o desenvolvimento científico e tecnológico nas áreas de genômica e saúde de precisão no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS); além de impulsionar o desenvolvimento da indústria genômica nacional.

Na prática, o novo programa vai ajudar nos avanços de prevenção, tratamento e diagnósticos médicos, financiar pesquisas, proporcionar avanços tecnológicos em relação a terapias inovadoras e formar novos cientistas capazes de decifrar a relação entre o código genético e as doenças na nossa população.

Segundo o Ministério da Saúde, o investimento previsto no programa para os primeiros quatro anos é de, pelo menos, R$ 600 milhões.

A meta do Genomas Brasil é criar, nos próximos anos, um banco de dados nacional com 100 mil genomas completos de brasileiros. “Esse banco de dados servirá para compreender melhor a relação entre genes e doenças em nosso povo. E desenvolver tecnologias personalizadas para encontrar cura para doenças raras e complexas”, disse Hélio Angotti Neto, secretário de ciência, tecnologia, inovação e insumos estratégicos em saúde, do Ministério da Saúde.


O projeto vai sequenciar genes de portadores de doenças raras, cardíacas, câncer e infectocontagiosas, como a Covid-19. A escolha das doenças, segundo o Ministério da Saúde, levou em consideração a quantidade de casos no país e o alto custo que geram ao SUS.


Com o Programa Genomas Brasil, a ideia também é tornar o Brasil um dos líderes globais na área da medicina de precisão. “Vamos juntar todo mundo, e vamos ter o maior banco de dados do mundo, pra que a gente possa ser o exemplo desse modelo, dessa terapia no mundo”, disse o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello.

O programa foi instituído por meio de Portaria 1.949/20 publicada em agosto deste ano no Diário Oficial da União.

Programa Genomas Brasil


O Genomas Brasil irá trabalhar com três frentes para criar um cenário que permita implementar a saúde de precisão no SUS.

Primeira fase – fortalecer as áreas de ciência e tecnologia no país, apoiando a execução de pesquisas e formação de pesquisadores. Para essa etapa, já foram disponibilizados R$ 71 milhões. A iniciativa conta com a parceria do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).


Segunda fase – vai estabelecer um projeto piloto de pesquisa para analisar a viabilidade de implementação de serviço de genômica e saúde de precisão no SUS, além de qualificar os profissionais da rede pública para a medicina personalizada e de precisão.


Terceira fase – para fortalecer a indústria brasileira de genômica e saúde de precisão. Prevê a criação de um programa de pré-aceleração de startups, com o objetivo de estimular ideias inovadoras para a indústria nacional.


“Fortalecendo e investindo nesses três pilares é que vamos concretizar o nosso objetivo de dar acesso a essas tecnologias e serviços para toda a nossa população”, acrescentou o secretário de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos em Saúde.

E o que é genômica?

Genômica é o campo da biologia molecular que estuda a estrutura, a função, a evolução e o mapeamento completo do genoma.


E o que é um genoma?

É a sequência completa de DNA (ácido desoxirribonucleico) de um organismo, ou seja, um conjunto de todos os genes de um ser vivo. Estudar o genoma é como estudar a anatomia molecular de uma espécie. Conhecer um genoma de um organismo pode trazer informações importantes sobre um ser vivo, como, por exemplo, os fatores que podem desencadear doenças, como câncer e diabetes.

Related Articles

Brasil participa de conselho mundial pela vacina

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, participou da inauguração do conselho da iniciativa Access to Covid-19 Tools (ACT) Accelerator, uma coalizão global lançada...

Mais de 5 milhões de brasileiros já se recuperaram da Covid-19

O Brasil já registra mais de 5 milhões de pessoas curadas da Covid-19. No mundo, estima-se que pelo menos 29 milhões de...

Acordo garante apoio a Conselhos Tutelares em ações contra a Covid-19

OMinistério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, o Serviço Social da Indústria (Sesi) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Stay Connected

0FãsCurtir
2,441SeguidoresSeguir
0InscritosInscrever
- Advertisement -

Latest Articles

Brasil participa de conselho mundial pela vacina

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, participou da inauguração do conselho da iniciativa Access to Covid-19 Tools (ACT) Accelerator, uma coalizão global lançada...

Mais de 5 milhões de brasileiros já se recuperaram da Covid-19

O Brasil já registra mais de 5 milhões de pessoas curadas da Covid-19. No mundo, estima-se que pelo menos 29 milhões de...

Acordo garante apoio a Conselhos Tutelares em ações contra a Covid-19

OMinistério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, o Serviço Social da Indústria (Sesi) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial...

Saúde faz balanço das ações no combate à Covid-19

Desde o início da crise provocada pela Covid-19, o Governo Federal vem fortalecendo a estrutura do Sistema Único de Saúde (SUS) com...

FAP realiza exame de próstata

O presidente da Fundação Assistencial da Paraíba (FAP), Derlópidas Neves, informou em entrevista a uma emissora de rádio, que a FAP tem...