Cidades

Aprovado projeto que cria Protocolo Emergencial “Sinal Vermelho” para as mulheres vítimas

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprovou por unanimidade, o Projeto de  Lei 1.912/2020, de autoria da deputada estadual Cida Ramos (PSB), que institui o Protocolo Emergencial “Sinal Vermelho” de Proteção às Mulheres Vítimas de Violência Doméstica.

A parlamentar reforçou que a iniciativa tem o objetivo de estabelecer um canal de denúncia silencioso, em farmácias e drogarias na Paraíba. “Esse projeto é fundamental para coibir esse tipo de prática, bem como mudar a ideia enraizada em nossa cultura que normaliza a violência de gênero. O enfrentamento à violência doméstica e familiar é responsabilidade de toda a sociedade”, destacou Cida.

Os estabelecimentos ao atenderem uma mulher que apresente na palma da mão um “sinal vermelho” feito um “x”, deverão adotar um protocolo que, entre outras ações, inclui encaminhar a vítima para uma sala segura, sem chamar atenção dos demais clientes ou do próprio agressor, caso ele esteja próximo. Posteriormente, a ocorrência deverá ser comunicada a Polícia Militar, através do número 190.

Ainda de acordo com o projeto, o atendente e o estabelecimento terão seus sigilos garantidos. O Poder Executivo Estadual, ficará responsável por informar os estabelecimentos comerciais sobre a importância da adesão ao Protocolo Emergencial de Proteção às Mulheres Vítimas de Violência Doméstica “Sinal vermelho”, bem como realizar campanha publicitária educativa para que toda a sociedade tome conhecimento sobre a lei.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo