Cultura

Câmara Municipal homenageia o Procurador Raulino Maracajá

A Câmara de Vereadores de Campina Grande realizou Sessão Especial para a entrega de título de cidadania campinense ao Procurador do Ministério do Trabalho Raulino Maracajá Coutinho Filho. A propositura da homenagem foi dos vereadores Alexandre Pereira e da presidente da Casa, vereadora Ivonete Ludgério.

O vereador Alexandre Pereira justificou a entrega do título dizendo que homenagem é extremamente justa visto que Raulino Maracajá tem prestado relevantes serviços à Paraíba com uma atuação em defesa dos direitos dos trabalhadores e focada também uma visão ampliada da atuação do próprio Ministério do Trabalho. “A luta em defesa dos trabalhadores desenvolvida pelo Ministério Público, com forte participação do procurador Raulino Maracajá, tem sido mais ampla e voltada ao bem-estar dos trabalhadores”, frisou o vereador.

A presidente da Câmara, Ivonete Ludgério destacou a dedicação e o compromisso do procurador com a valorização do trabalhador, além de apoiar diversos projetos sociais contra a exploração do trabalho infantil. “A prova disso, é a sua participação ativa em projetos como o Tamanquinho das Artes, que tem como parceira a ativista Eneida Maracajá e que tem o objetivo de retirar crianças em situação vulnerável e apresenta-las ao mundo da cultura e das artes”, destacou a vereadora.

A Sessão Especial também contou com participação dos alunos do projeto Tamanquinho das Artes eu apresentaram peças musicais de violino e flauta doce e um monologo teatral. A ativista cultural Eneida Maracajá citou parte da letra do hino de Campina Grande, na parte que diz “Canaã de leais forasteiros” para dizer que o trabalho do procurador está agora integrado, a história da Rainha da Borborema, como um incentivador da cultura campinense. Ela entregou ao procurado Raulino Maracajá um boneco mamulengo representando a figura de Jackson do Pandeiro a e vereadora Ivonete um tamanquinho de barro, símbolo do projeto, sendo ambas as peças confeccionadas por alunos da instituição.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo