Projeto une turismo e tecnologia para fortalecer pontos e atrações turísticas

Tendo como objetivo principal impulsionar o turismo cultural de Campina Grande através da tecnologia, por meio de um aplicativo com recursos multimídia e de realidade aumentada, o TecTur Campina, projeto idealizado pela Secretaria Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação, em parceria com a Fundação Parque Tecnológico da Paraíba, será executado a partir do mês de janeiro, com previsão de término antes do São João de 2020.

Segundo o secretário Lucas Ribeiro, o projeto, que foi selecionado pelo programa Matchfunding BNDES+ Patrimônio Cultural, do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) vai ampliar a visibilidade e o conhecimento da história de Campina Grande por meio de um potencial específico da cidade, que é a tecnologia.

“A tecnologia é o nosso presente, está em tudo o que nos cerca, e no turismo não poderia ser diferente, principalmente Campina Grande carregando o título de cidade da inovação, por nosso pioneirismo e produção tecnológica. Então, idealizamos esse projeto, em parceria com o PaqTc e com o apoio de diversas outras instituições, fomos selecionados, e agora estamos no planejamento técnico para a sua execução. Nossa expectativa é ver ele nas ruas antes do São João 2020, para que o turista que aqui esteja, tenha acesso à história da nossa cidade de um jeito inovador”, afirmou Lucas Ribeiro.

Ainda conforme o secretário, as próximas fases do TecTur Campina serão o desenvolvimento do aplicativo; a produção de conteúdo multimídia sobre a história e memória da cidade, através da parceria com o Instituto do Patrimônio Histórico e com o blog Retalhos Históricos de Campina Grande; e por último, a implantação dos tótens em 15 pontos turísticos da cidade.

“Ao chegar no ponto turístico o usuário poderá ler o QR code presente no totem e iniciar a integração para conhecer todas as informações daquela atração. É um jeito dinâmico de conhecer e entender a história local com a facilidade e rapidez da tecnologia”, explica.

Para a diretora técnica da Fundação Parque Tecnológico da Paraíba, órgão parceiro e executor do projeto, o TecTur une o que Campina Grande tem de melhor. “É a junção da vocação inovadora, para o turismo de eventos e cultura regional. O impacto dessa plataforma genuinamente campinense desenvolvida numa parceria entre PaqTc e PMCG, por meio da SCTI, trará à população a possibilidade de maneira fácil e acessível e conectada, de ter informações sobre os pontos turísticos da cidade, e ainda ser inclusiva, pois deficientes visuais também poderão ouvir as informações”, destaca.

Segundo a secretária de Desenvolvimento Econômico do município, Rosália Lucas, o projeto é significativo e essencial para o incremento do turismo na cidade. “O TecTur vem em boa hora, num momento de inovações que o turismo tem que acompanhar, e por isso é de grande impacto para Campina Grande, onde a gente vai ter um roteiro virtual valorizando e contando a história da nossa cidade. É inovador e é um marco, mostrando nosso DNA, que é de cidade do São João e da inovação”, frisa a secretária.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *