CMCG aprova emenda para devolver recursos do orçamento para a Agricultura

A Câmara Municipal de Campina Grande aprovou emenda proposta pelo vereador Galego do Leite (Podemos) para o remanejamento de recursos dentro do projeto de Lei Orçamentária Anual (LOA) do poder executivo para 2020 em favor da Secretaria de Agricultura do Município.

O vereador explicou aos seus pares que a PMCG retirou, no projeto, R$ 2 milhões do orçamento da Agricultura, que assim caiu de R$ 7 milhões para R$ 5 milhões, o que representa um grave prejuízo para o setor. Tentando corrigir a distorção, Galego do Leite apresentou seis emendas para o remanejamento dos recursos, mas, diante da posição contrária da bancada governista, foi preciso dialogar.

“Para que o prejuízo não fosse total, tivemos que negociar e, assim, conseguir pelo menos minorar esse prejuízo”, disse Galego. “Assim, com o apoio da nossa bancada e também da governista, aprovamos uma emenda para remanejar R$ 500 milhões, tirando da Chefia de Gabinete, da propaganda, para atendimento da Secretaria de Agricultura. Foi o possível”, explicou o parlamentar.

Ainda de acordo com ele, os recursos remanejados deverão ser destinados à construção de habitações rurais, a fim de beneficiar famílias que vivem em casas de taipa com a edificação de imóveis de alvenaria. O parlamentar do Podemos ainda ressaltou que mesmo as emendas que dentro do consenso foram retiradas constam do Plano Plurianual. “E vou continuar lutando por cada uma delas”, assegurou.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *