Comissão analisa projeto que endurece as penas para crimes ambientais

Está pronto para ir a votação na Comissão de Meio Ambiente (CMA) do Senado Federal o Projeto de Lei 643/2019, do Senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB/PB), que torna imprescritíveis os crimes ambientais decorrentes da atividade de lavra mineral. O PL já tem o parecer favorável do relator, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) e entrou na pauta da CMA para ser votado.

O projeto modifica a Lei de Crimes Ambientais (Lei 9.605, de 1998) para incluir a imprescritibilidade. Além disso, multas aplicadas por consequência desses crimes não poderão ser parceladas. Outra medida adicionada é que as empresas condenadas em processos ambientais não poderão participar de programas de refinanciamento de dívidas.

Em outro dispositivo, o Projeto modifica o Código de Mineração (Decreto-Lei 227, de 1967) para impor novas exigências ao início de atividades de extração mineral. O plano de aproveitamento econômico da jazida deverá conter projetos de segurança das instalações, de segurança, saúde e higiene dos trabalhadores e de proteção e preservação ambiental. A ausência desses documentos implicará em recusa de autorização para a operação.

Punições – O projeto também pune os responsáveis por eventuais desastres ambientais, que não poderão participar de mecanismos de refinanciamentos tributários e de contribuições (Refis) junto à Receita Federal, Procuradoria Geral da Fazenda Nacional (PGFN) e Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), além das Secretarias.

Veneziano ressaltou, em sua justificativa, que as riquezas minerais do Brasil devem ser correta e criteriosamente exploradas, para produzir progresso e prosperidade para todos.

A CMA é a única comissão encarregada de analisar o PL 643, mas requerimento do senador Zequinha Marinho (PSC-PA) pode levá-lo também para a Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR).

Related Articles

Brasil participa de conselho mundial pela vacina

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, participou da inauguração do conselho da iniciativa Access to Covid-19 Tools (ACT) Accelerator, uma coalizão global lançada...

Mais de 5 milhões de brasileiros já se recuperaram da Covid-19

O Brasil já registra mais de 5 milhões de pessoas curadas da Covid-19. No mundo, estima-se que pelo menos 29 milhões de...

Acordo garante apoio a Conselhos Tutelares em ações contra a Covid-19

OMinistério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, o Serviço Social da Indústria (Sesi) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Stay Connected

0FãsCurtir
2,441SeguidoresSeguir
0InscritosInscrever
- Advertisement -

Latest Articles

Brasil participa de conselho mundial pela vacina

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, participou da inauguração do conselho da iniciativa Access to Covid-19 Tools (ACT) Accelerator, uma coalizão global lançada...

Mais de 5 milhões de brasileiros já se recuperaram da Covid-19

O Brasil já registra mais de 5 milhões de pessoas curadas da Covid-19. No mundo, estima-se que pelo menos 29 milhões de...

Acordo garante apoio a Conselhos Tutelares em ações contra a Covid-19

OMinistério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, o Serviço Social da Indústria (Sesi) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial...

Saúde faz balanço das ações no combate à Covid-19

Desde o início da crise provocada pela Covid-19, o Governo Federal vem fortalecendo a estrutura do Sistema Único de Saúde (SUS) com...

FAP realiza exame de próstata

O presidente da Fundação Assistencial da Paraíba (FAP), Derlópidas Neves, informou em entrevista a uma emissora de rádio, que a FAP tem...