sábado, novembro 28, 2020
Home Política Márcio: Estado deixa a omissão e anuncia que vai ajudar o Hospital...

Márcio: Estado deixa a omissão e anuncia que vai ajudar o Hospital da FAP

O vereador Márcio Melo Rodrigues, de Campina Grande, afirmou hoje que vê com satisfação que, finalmente o Governo do Estado deixa a omissão de lado e vai ajudar nas atividades do Hospital da FAP na Rainha da Borborema, da mesma forma como está fazendo com o Hospital Napoleão Laureano, de João Pessoa. Nos últimos dias, ele tem cobrado isonomia no tratamento nas instituições, e se anuncia para breve o merecido apoio à instituição campinense.

O parlamentar disse que é indispensável que o mesmo tratamento dado pelo Governo do Estado, por prefeitos de vários Municípios, deputados estaduais e outras autoridades ao Hospital Napoleão Laureano de João Pessoa aconteça igualmente para o Hospital da FAP, neste Município, que realiza idêntico trabalho em favor da população da Paraíba e de Estados vizinhos.

O Governo do Estado autorizou o repasse de R$ 4,2 milhões por ano para Hospital Napoleão Laureano. O hospital filantrópico, localizado em João Pessoa, é referência em oncologia e dedica 95% dos seus atendimentos aos usuários do SUS. O convênio repassará R$ 350 mil por mês.

Na Assembleia Legislativa todos os parlamentares e servidores vão abraçar a causa do Laureano, já que a unidade de saúde vem se sustentando apenas com R$ 4 milhões mensais, mesmo com uma despesa de R$ 5,5 milhões. Os parlamentares contribuem mensalmente com o Hospital e a ALPB irá ampliar essa ajuda. Foi aprovado o Projeto de Resolução 106/2019, que institui o Programa de Incentivo a Doação Voluntária de Percentual sobre Subsídios e os deputados irão doar 1,2% dos seus salários para o Laureano.

De 2015 a 2018 o Hospital Napoleão Laureano realizou 667 mil atendimentos ambulatoriais, 20 mil internações, 21 mil cirurgias, 137 mil sessões de quimioterapia, 681 mil sessões de radioterapia e 91 mil exames de diagnósticos por imagem. O saldo negativo atualmente na unidade é de R$ 2,6 milhões e recebendo apenas R$ 4 milhões.

A FAP, em Campina Grande, está também passando por enormes dificuldades como o a unidade da capital, com a defasagem de preços da Tabela SUS, sem reajuste a mais de 10 anos, provocando déficit para a Fundação em atividades importantes para a população, particularmente nos procedimentos de baixa e média complexidade, como obstetrícia.

A Fundação Assistencial da Paraíba – FAP – foi fundada no ano de 1965 pelo médico holandês Cornélius de Ruyter, sendo uma associação destinada a dar assistência médico-hospitalar para crianças carentes e colaborar com programas de medicina preventiva, ensino médico e de enfermagem, sempre buscando uma maior capacidade de assistência e ampliação. Hoje em dia é uma referência em oncologia no interior do Estado – mais de 50% dos pacientes oncológicos atendidos são de fora de Campina Grande – e está em processo de reclassificação de seu Hospital de UNACON – Unidade de Cancerologia – para CACON – Centro de Cancerologia – deverá haver todo um reposicionamento de suas atividades, passando a concentrar seus esforços em oncologia.

A instituição realizou 72.000 sessões de radioterapia, mais de 18.000 sessões de quimioterapia e mais de 24.000 sessões de hemodiálise em 2018.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisment -

Most Popular

Bruno revela o dia do anúncio da equipe de transição

O prefeito eleito Bruno Cunha Lima (PSD),  de Campina Grande, concedeu entrevista ao Programa Ideia Livre, da TV Itararé. Na sabatina feita...

ALPB suspende atividades presenciais após aumento de casos de Covid-19

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) suspendeu temporariamente as atividades administrativas presenciais após o registro de aumento do número de casos de...

Alerta para a ação de falsos fiscais agindo contra comerciantes

O Procon Campina Grande recebeu uma grave denúncia sobre a existência de pessoas que estão se passando por fiscais do órgão municipal....

Programa Minha Árvore prossegue nas ruas da cidade

"Minha Árvore" é o Programa Sustentável de Educação Ambiental da Prefeitura de Campina Grande, executado por meio da Secretaria Municipal de Serviços...

Recent Comments

John Doe on TieLabs White T-shirt