sábado, novembro 28, 2020
Home Manchetes Onze Estados estão em situação de surto de sarampo

Onze Estados estão em situação de surto de sarampo

A Secretaria de Saúde de Campina Grande vai estender a vacinação do sarampo a todas as crianças do município entre seis e onze meses de vida, conforme orientação do Ministério da Saúde. A vacinação para este público vai começar na próxima segunda-feira, 26, exclusivamente no Centro de Saúde Francisco Pinto e no Centro de Saúde do Catolé. Em Campina Grande são cerca de 2 mil crianças nessa faixa etária.

Apesar da recomendação, o Ministério da Saúde ainda não enviou o número de doses necessárias para atender ao público e, por isso, a imunização das crianças nessa idade vai ser realizada apenas nessas duas unidades. Antes, a recomendação era aplicar a vacina em crianças de seis a onze meses somente para aquelas que iriam se deslocar para as áreas de risco.

“A indicação é porque essa fase apresenta maior risco de morbimortalidade, então está se buscando prevenir e proteger esse público mais vulnerável. No entanto, ainda não recebemos as doses extras e, em função disso, estamos adotando essa estratégia até que sejamos reabastecidos”, disse a Coordenadora Municipal de Imunização, Miralva Cruz.

Mesmo tomando essa dose complementar, que é chamada de dose zero, as crianças precisam ser imunizadas normalmente conforme o esquema vacinal para a doença. Ou seja, é necessário aplicar a primeira dose da vacina tríplice viral aos doze meses de vida e a segunda dose aos quinze meses, 1 ano e 1 ano e três meses, respectivamente. A tríplice viral protege do sarampo, da caxumba e da rubéola. Para essas doses do esquema vacinal de rotina, os pais podem procurar qualquer Unidade Básica de Saúde da cidade.

As crianças com mais de onze meses que tomarem a chamada dose zero devem aguardar completar 30 dias para poder tomar a dose 1 do esquema vacinal normal de rotina. Ou seja, elas não recebem a injeção assim que completarem 12 meses, mas assim que completar 30 dias da dose zero.

Os adolescentes e adultos até 29 anos que não tomaram a vacina tríplice viral no tempo adequado, podem tomar duas doses no intervalo de trinta dias. Os adultos entre 30 e 49 anos têm direito a tomar uma dose, caso nunca tenham tomado nenhuma dose anteriormente. As pessoas a partir dos 50 anos de idade não têm recomendação para receber a aplicação da vacina. Os trabalhadores em saúde têm acesso à imunização a qualquer tempo.

Para orientar os profissionais da rede sobre o tema, a Secretaria de Saúde vai realizar uma capacitação com a médica Socorro Martins, membro da Sociedade Brasileira de Pediatria, na próxima quarta-feira, às 14h, no auditório da Faculdade Maurício de Nassau, unidade Liberdade. A palestra é aberta a todos os profissionais da área de saúde.

O Brasil registrou 1.680 casos confirmados de sarampo. Atualmente, se encontram em situação de surto 11 estados: São Paulo, Rio de Janeiro, Pernambuco, Goiás, Maranhão, Bahia, Rio Grande do Norte, Espírito Santo, Sergipe, Piauí e Paraná.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisment -

Most Popular

Bruno revela o dia do anúncio da equipe de transição

O prefeito eleito Bruno Cunha Lima (PSD),  de Campina Grande, concedeu entrevista ao Programa Ideia Livre, da TV Itararé. Na sabatina feita...

ALPB suspende atividades presenciais após aumento de casos de Covid-19

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) suspendeu temporariamente as atividades administrativas presenciais após o registro de aumento do número de casos de...

Alerta para a ação de falsos fiscais agindo contra comerciantes

O Procon Campina Grande recebeu uma grave denúncia sobre a existência de pessoas que estão se passando por fiscais do órgão municipal....

Programa Minha Árvore prossegue nas ruas da cidade

"Minha Árvore" é o Programa Sustentável de Educação Ambiental da Prefeitura de Campina Grande, executado por meio da Secretaria Municipal de Serviços...

Recent Comments

John Doe on TieLabs White T-shirt