Senador defende manifestações em favor da Educação

O senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB) condenou, na tribuna do Senado, a atitude do Presidente da República, Jair Bolsonaro, que classificou de “idiotas úteis” e “imbecis” e as pessoas (em sua maioria professores e estudantes), que foram às ruas em todo o Brasil para protestar contra o corte de verbas para a Educação no Brasil.

Os protestos uniram brasileiros de Norte a Sul contra os cortes anunciados para as universidades públicas, Institutos Federais de Educação e até para a Educação Básica. “As manifestações, pelo que eu pude acompanhar, inclusive em minha cidade Campina Grande, na Paraíba, foram pacíficas e ordeiras, mas a reação do Presidente, estando nos Estados Unidos, foi reprovável e desrespeita as nossas liberdades”.

Segundo Veneziano, não é de hoje que o Governo usa de seus Ministros para incitar brasileiros a ficar contra brasileiros, lembrando a fala do Ministro da Educação, Abraham Weintraub, quando disse que os cortes em pelo menos três unidades ocorreram por conta de “balbúrdias” nestas universidades.

Na tribuna, o Senador paraibano defendeu o direito dos brasileiros de irem às ruas, protestar não apenas pela Educação, mas também demonstrando preocupação com temas como a Reforma da Previdência e o desmantelamento do que é público. “O que está claro é que o objetivo do Governo não é apenas cortar verbas da Educação, mas desmantelar todas as empresas públicas, como se houvesse uma orquestração nesse sentido. Mas não vemos, por exemplo, o Ministro da Economia, Paulo Guedes, falar no corte ao pagamento dos juros aos bancos por parte deste Governo”, destacou o Senador.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *