10.2 C
Nova Iorque
quinta-feira, novembro 26, 2020
Home Saúde Campina Grande realiza caminhada da Luta Antimanicomial

Campina Grande realiza caminhada da Luta Antimanicomial

No próximo sábado, dia 18 de maio, será celebrado o Dia Nacional da Luta Antimanicomial, que marca o fim dos manicômios e a reforma psiquiátrica no país. Para comemorar a data, a Secretaria Municipal de Saúde realizará a Caminhada da Luta Antimanicomial na manhã da sexta-feira, dia 17.

A concentração será a partir das 8h, ao lado do Parque do Povo, na rua Sebastião Donato. Depois, a caminhada sairá pela rua 13 de maio, seguindo pela avenida Floriano Peixoto, contorna a praça da Bandeira e será encerrada na praça Coronel Antônio Pessoa, na rua Miguel Couto. Mais de mil pacientes e funcionários da Rede de Saúde Mental deverão participar do evento.

Campina Grande se destaca no cenário nacional pela forma como modificou o tratamento dessas pessoas. O antigo manicômio João Ribeiro cedeu espaço a um parque, chamado Parque da Liberdade, fazendo alusão à política de assistência a esses pacientes por meio da liberdade e da inclusão social.

Além disso, foi a primeira cidade da Paraíba a atender pacientes com transtornos mentais e psicológicos dentro de um hospital geral. Desde 2014, o Hospital Municipal Doutor Edgley Maciel disponibiliza 20 leitos, de emergência psiquiátrica, para tratamento de saúde desses pacientes de forma integral.

No último mês de abril, os pacientes encenaram o espetáculo da Paixão de Cristo, no Teatro Municipal Severino Cabral, trabalho que faz parte do processo de inclusão social dessas pessoas. Eles também realizam diversas outras atividades, como o arraial durante o mês de junho, os passeios natalinos, viagens e excursões.

Os usuários têm ainda um Centro de Convivência, com oficinas de música e artesanato. No local também são produzidas peças artesanais que são comercializadas em um estande na Vila do Artesão.

Existem 16 serviços específicos de saúde mental na cidade e cerca de 7 mil pessoas são atendidas por ano. São 8 Centros de Atenção Psicossocial. O Caps AD atende pessoas que sofrem com o vício do álcool e outras drogas. O Caps ADJ atende crianças e jovens nesta situação. O Caps Intervenção Precoce e o Caps I oferecem serviço de acompanhamento psicológico para crianças e adolescentes que sofrem problemas psíquicos.

Existe ainda o Caps II e os Centros dos distritos de São José da Mata e Galante. O Caps III foi implantado nessa gestão e recebe os casos mais graves. O serviço foi habilitado pelo Ministério da Saúde. Além dos Caps, existem seis residências terapêuticas que abrigam, integralmente, homens e mulheres com problemas psicológicos que perderam o vínculo com a família.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisment -

Most Popular

Dj Dark – Chill Vibes

We woke reasonably late following the feast and free flowing wine the night before. After gathering ourselves and our packs, we...

Leona Lewis – Bleeding Love (Dj Dark & Adrian Funk Remix)

We woke reasonably late following the feast and free flowing wine the night before. After gathering ourselves and our packs, we...

Silicon Valley Guru Affected by the Fulminant Slashed Investments

We woke reasonably late following the feast and free flowing wine the night before. After gathering ourselves and our packs, we...

Watch Awesome Kate Go Full Cooking Pro in England this Week

We woke reasonably late following the feast and free flowing wine the night before. After gathering ourselves and our packs, we...

Recent Comments

John Doe on TieLabs White T-shirt