Atingida 60% da meta de vacinação contra a gripe

No último sábado, 04, foi realizado em Campina Grande o dia D da Campanha Nacional de Imunização contra a Influenza 2019. Até a sexta-feira, 03, tinham sido imunizadas 29,15% pessoas dos grupos prioritários. Com o dia D, o balanço dobrou. Agora já são 60,11%, o que representa 63.255 pessoas vacinadas. A meta é imunizar 90% do público-alvo.

O maior grupo é o dos idosos, com 60 anos de idade ou mais. São 43.349 pessoas e foram vacinados 22.285, pouco mais de 50%. As crianças, entre seis meses e menores de seis anos de idade, somam 31.933 e 16.291 foram imunizadas, ou seja, pouco mais de 50% também. Dos 10 mil trabalhadores de saúde, 7.381 se vacinaram. Das 4.553 gestantes, se imunizaram 77,03% e das 748 puérperas estão devidamente protegidas 58,69%.

Os grupos com maior percentual de vacinação são os professores e as pessoas com comorbidades (doenças crônicas não transmissíveis). São 2.547 docentes e 81,82% foram vacinados. Das pessoas com comorbidades, são 12.102 pacientes e 92,66% receberam a vacina que protege contra a gripe.

Neste ano, a cobertura vacinal foi estendida também para os policiais, bombeiros militares e policiais civis. Também fazem parte do público-alvo os detentos e trabalhadores do sistema prisional, povos indígenas e quilombolas.

A campanha começou no dia 10 de abril e segue até 31 de maio. Mais de 100 mil pessoas têm direito à vacina na cidade. A vacina protege contra os três subtipos do vírus da gripe: A (H1N1), A (H3N2) e influenza B.

Durante a campanha, as crianças também estão recebendo as vacinas necessárias para atualizar a caderneta de vacinação. Já as gestantes estão recebendo a imunização DTPa, que protege contra a coqueluche, tétano e difteria. Para estes grupos, também é necessário levar a caderneta de vacinação.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *