Previdência: PT diz “não a esse ataque contra os trabalhadores”

O protesto contra a reforma da Previdência realizado por sindicalistas em Campina Grande contou também com a participação do presidente municipal do Partido dos Trabalhadores (PT), Márcio Caniello. O encontro ocorreu na Praça da Bandeira, Centro da cidade.

No mesmo dia, o projeto foi levado pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) ao Congresso Nacional em Brasília (DF).

“Estamos aqui – movimentos socais, sindicatos, partidos de esquerda, povo em geral – para dizer ‘não’ a esse ataque”, afirmou Caniello.

Sua presença no ato se justifica pelo fato de que “somos contra essa mentira. Somos contra jogar nas costas do trabalhador e da trabalhadora brasileira a responsabilidade do descalabro dos governos Temer e Bolsonaro. Por isso estamos na rua resistindo”.

Ele afirmou que o governo está propondo a privatização da Previdência. Com isso, ele diz que “o trabalhador está sendo enganado. Vão fazer um modelo que no Chile levou a miséria e ao abandono dos aposentados”.
Paraibaonline

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *