Governo admite tempo de contribuição menor

O relatório da reforma da Previdência será apresentado hoje na comissão especial da Câmara Federal.

Na reta final, o governo aceitou um tempo de contribuição menor para a aposentadoria integral, informa o jornal O Globo.

Será de 40 anos, e não mais de 49 anos. Com 25 anos de contribuição, já vai ser possível pedir a aposentadoria, mas com redução do benefício.

No caso das mulheres, essa exigência deverá ser de 23 anos. Mas será preciso cumprir uma idade mínima progressiva, que começará em 50 (mulheres) e 55 (homens) e, no futuro, chegará a 65 anos.

Para compensar esses recuos, o relatório vai endurecer as regras para servidores públicos, que devem perder o direito à paridade mesmo no caso de quem foi contratado antes de 2003, ainda conforme o jornal.

*fonte: oglobo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *