Deputado critica a paralisação das obras do Eixo Norte

A chegada das águas da transposição do Rio São Francisco na Paraíba esta semana ampliou às críticas a paralisação das obras do Eixo Norte após a desistência da empresa Mendes Júnior, em 2016. O Ministério da Integração ainda não conseguiu dar andamento aos trabalhos o que deve atrasar a chegada das águas a outras áreas dos estados de Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará.

“Desde que Dilma saiu do governo que está tudo parado e nós nos perguntamos o porquê.  A lei permite contratação em caráter emergencial para questões inadiáveis e nada mais inadiável do que trazer água para quem em sede”, alfinetou o deputado Jeová Campos (PSB). Este ano, o edital de licitação para a contratação de uma nova empresa foi lançado pelo Governo Federal mas ainda está em análise.
 
Sobre a participação do parlamentar na vinda do presidente Michel Temer (PMDB) para a inauguração das obras da transposição na Paraíba, nesta sexta-feira (10), Jeová destacou que tem outro compromisso e que só participará do evento que contará com a presença do ex-presidente Lula. “É um dia histórico. É uma alegria muito grande saber que o povo não mais passará sede, mas, como é uma festa de Michel Temer, deixa ele fazer a festa. Quando Lula vier eu irei”, garantiu.

O socialista disse que já existe um requerimento tramitando na Assembleia Legislativa da Paraíba para que o petista venha ao estado ver as obras da transposição. “O requerimento deve ser aprovado na Casa o mais rápido possível para que o presidente possa receber esse abraço de agradecimento do povo da Paraíba nesse momento tão singular na nossa história”. Apesar a decisão, Jeová destacou que não fala pela bancada e que esta é uma decisão pessoal.
Blog do Gordinho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *